Sol em Áries: Coragem e Impulsividade

Inauguramos o ciclo do Zodíaco na corajosa força de Áries, signo regido pelo planeta guerreiro Marte. Áries chega com o impulso dos inícios. Na força de Áries ativamos nosso guerreiro, nossa energia de luta e coragem que nos ajuda a conquistar nossos objetivos.

Quando o Sol entra em Áries comemoramos o ano novo astrológico e o equinócio de outono no hemisfério Sul. Uma nova etapa. Uma nova estação. Um novo início na jornada do céu. A força da coragem é disponibilizada para adentrarmos na forças das heroínas e heróis que constituem nosso ser.

Áries é aquele que vai na frente, abre espaço, as vezes não tem tanta certeza da jornada, mas ele grita com tanto entusiasmo “Vamos! É por aqui!” que todos seguem. Todos confiam na força líder que engaja o grupo e inspira o seguir em frente. Esse mês saudamos aqueles cheios de ação que com coragem e espontaneidade inauguram espaços e nos inspiram.

 

Mergulho no signo:

Quando o Sol está em Áries? De 20 de março até dia 20 de abril.

Frase chave: ”Eu faço .’’

Polaridade: Positiva.

Qualidade:  Cardinal.

Elemento: Fogo.

Planeta Regente: Marte.

Casa astrológica com afinidade simbólica: 1.

Lado Luz: Coragem, iniciativa, assertividade e liderança.

Lado Sombra: Impulsividade, agressividade e egoísmo.

Signos com afinidades:  Leão e Sagitário.

Signo complementar: Libra.

Signos desafiantes: Câncer e Capricórnio.

Signos estimulantes: Aquário e Gêmeos.

Cristais: hematita, rubi, olho de tigre e jasper.

Reflexões de Áries:

  • Controlo minha impulsividade?
  •  Sei impor minhas vontades?
  • Luto pelos meus objetivos?

Afirmações do ciclo de Áries:

  •  Vibro da coragem e libero meus bloqueios.
  •  Luto pelos meus desejos com respeito e força.

Áries no seu mapa:

Para entender como essa energia se manifesta na sua vida você deve identificar onde está localizado o signo de Áries no seu mapa astral. Você possui algum planeta? Lembre-se que todos possuímos todos os signo dentro do nosso mapa.

 

 

Queremos criado pelo astrólogo Ivan Freitas.

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *