Sincronicidade: um mergulho nas coincidências significativas.

O que é sincronicidade?

É o princípio norteador da astrologia, definido como a conexão entre o macrocosmos e o microcosmos que não permeia a casualidade. Sabe as coincidências significativas que ocorrem em nossas vidas e são capazes de mobilizar caminhos e situações importantes? O evento que conecta as situações a é sincronicidade.

A sincronicidade amplia nossa percepção de realidade na medida que revela conexões diferentes  ao modelo de causa e efeito do pensamento cartesiano. Na visão sincrônica os eventos se correlacionam mas não passam pela ligação de causa e efeito, são simultâneos e conectados mas não causais.

Na astrologia, nos apropriamos desse princípio de conexões acausais para explicar as correlações existentes no sistema interpretativo, o raciocínio astrológico não configura uma influência de um plano sobre o outro, mas uma relação de simultaneidade das vibrações.

Já percebeu a ocorrência de muitas sincronicidade na sua vida? Você costuma estar aberto a enxergar a esse tipo de relação com o universo? Como tudo na vida, quando focamos nossa atenção nos abrimos para enxergar com mais clareza.

Se você está muito fechado, comece prestando atenção nos seus sonhos, anote-os ao acordar, dessa forma você começa a se abrir para mensagens do seu inconsciente.  A prática da meditação te deixa mais aberto também, uma mente limpa é capaz de perceber melhor certas sutilezas. Além desses pontos, treinar a presença é imprescindível. Só conseguimos perceber esses eventos quando estamos inteiros nas situações. As novas práticas podem ser estranhadas no início mas garanto que esse olhar transforma a vida.

Aprender a entender a sincronicidade é se abrir ao fluxo da vida. É reconhecer que o Todo vibrátil está sempre se comunicando com nossos caminhos. É perceber a inseparabilidade de cada vida nessa unidade cósmica. A sincronicidade é a mistura da poesia com a realidade, é um encontro onde o Universo revela a inseparabilidade entre os seres, o pensamento e a vida.

Para saber mais:

Para quem se interessa sobre o assunto o percussor da psicologia analítica Carl Gustav Jung
escreveu um livro sobre a temática, no qual chega a realizar pesquisas com comparações de mapas astrais. Para os psicólogos Junguinianos o tema é base na linha de estudo e no desenvolvimento terapêutico.

 

 

Gostou?

Dá um like e compartilha.

 

Comentários

  1. Avatar
    Marilia 15 de junho de 2018 at 21:09

    Texto muito bom! Estou adorando o seu blog, está me ajudando muito a refletir e entender muitas coisas! Obrigada ?

  2. Larissa Bedran
    Larissa Bedran 20 de junho de 2018 at 19:17

    Muito obrigada!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *