Como controlar a ansiedade e manter a saúde mental em tempos de crise?

Coronavírus, crise econômica, quarentena, isolamento social. Vivemos um tempo em que muitas são os desafios que o mundo nos apresenta. Enfrentar as dificuldades e as incertezas da vida é algo que agrava muito a ansiedade. É extremamente importante que saibamos cuidar da nossa saúde mental e que a gente começa a criar esse tempo na nossa rotina.

A ansiedade e a depressão podem se tornar grandes inimigos se não aprendermos a cuidar da nossa mente e não exercitarmos hábitos saudáveis.

Quando estamos ansiosos ficamos propensos a cometer muitos erros de pensamentos. Costumamos dirigir nossa atenção para detectar ameaças e perigos a maior parte do tempo. A ansiedade distorce nosso pensamento e faz com que ele se concentre na parte negativa.

Quando estamos ansiosos costumamos ter muitos pensamentos catastróficos.Tendemos a presumir que o pior desfecho de uma situação é o que nos aguarda. Além de adiantarmos o pior desfecho, antecipamos que nada poderemos fazer para lidar com ele.

Os transtornos ansiosos mais agudo podem apresentar como sintomas reações fisiológicas: taquicardia, sudorese ou tontura, falta de memória e atenção, irritação, desespero, excesso de preocupação, retraimento social, diminuição do rendimento escolar ou profissional.

Períodos de grande incerteza social, de muitas transformações tendem a nos deixar mais sensíveis e suscetíveis a ficarmos ansiosos, por isso, é extremamente importante que tenhamos disciplina para focar em práticas que nos ajudem a manter nossa saúde mental.

Pensando nessa questão e para ajudar a você a lidar com essa situação eu desenvolvi uma lista de atitudes importantes para você integrar na sua rotina para conseguir lidar com esse período:

  • Se dedique ao desenvolvimento da sua inteligência espiritual.

O encontro de sentido e propósito que a inteligência espiritual nos traz nos ajuda a lidar com um momento de sofrimento. A inteligência espiritual também nos propicia uma perspectiva distanciada da vida que nos centra e acalma com serenidade.

  • Faça meditações diariariamente.

A meditação equilibra sua atividade mental e possibilita maior clareza de pensamento, um maior equilíbrio emocional, uma grande redução no nível de estresse, além de uma maior capacidade de concentração. A meditação aumenta o sentimento de bem estar só que é importante se esforçar em ter uma prática regular. A regularidade da prática é muito importante para que os benefícios durem e se estabilizem na personalidade.

  • Exercícios respiratórios diariamente.

A respiração é a forma que entramos em contato direto com a vida. Sua respiração sempre é capaz de denunciar seu estado mental. Talvez a gente consiga permanecer um dia sem comer, fazendo jejum, entretanto não conseguimos ficar sem respirar por mais de alguns minutos.

Tudo que sentimos se expressa na nossa respiração. Assim como a nossa cosncientização e a educação na respiraração pode alterar a forma com a qual nos sentimos.

Quando estamos com raiva, medo intenso ou com pânico a respiração fica mais superficial e rápida, fica mais travada. De forma oposta, quando sentimos paz, segurança e serenidade respiramos de forma mais profunda, lenta, desobstruída.

A respiração é uma ferramenta poderosa conduzirmos nosso estado mental. Podemos nos dirigir de um estado de medo até um estado de serenidade apenas educando, conscientizando e exercitando nosso ato respiratório.

  • Procure se exercitar fisicamente.

Os benefícios da atividades físicas são inúmeros. Os exercícios físicos aumentam nossas concentrações de serotonina, endorfina e dopamina que nos trazem uma sensação grande de bem estar.

  • Que tal reservar um espaço de tempo diário para ter as notícias do que está acontecendo no mundo?

É importante se manter informado. Entretanto também é essencial que saibamos controlar o tempo que nos expomos a informação. Ficar se nutrindo excessivamente de todos os tipos de informações trágicas pode te deixar mais ansioso e vulnerável. Lembrem nesse momento precisamos muito de autocuidado.

  • Preocupe-se em ter uma alimentação saudável e equilibrada.

A alimentação não só atua no fortalecimento da sua imunidade como é capaz de interferir no seu estado mental e emocional. Uma alimentação equilibrada repleta de vitaminas e minerais é capaz de te ajudar no controle da ansiedade.

Uma alimentação saudável ajuda para que o seu organismo reconstrua os tecidos cerebrais e o sistema nervoso e colaboram na síntese da serotonina.

Existem pesquisas que apontam o L-Triptofano, ômega 3, magnésio e vitaminas do complexo B na diminuição dos sintomas de ansiedade.

É muito importante que não descuidemos da nutrição física, lembre-se somo um ser integrado e complexo, precisamos encarar todos os nossos hábitos, toda a totalidade do nosso ser ao vislumbrar práticas que equilibrem nosso estado mental.

  • Reserve um tempo diário para conversas com seus amigos e familiares mesmo que virtualmente.

Quando nos conectamos com pessoas que gostamos liberamos homônios como a ocitosina que é capaz de trazer sentimentos de prazer e afeto. Ocitosina é conhecida como o hormônio do amor.

Conversar, escutar o outro é uma boa maneira de liberar ocitocina e ganhar bem estar no seu dia.  O isolamento social ainda é necessário mas podem sim criar formas de nos conectarmos e apoiramos mesmos afastados. Os

É de suma importância para a relação nutrir o hábito de ouvir se conectar um ao outro. Não se esqueça de dedicar o tempo necessário. 

  • Praticar atos de caridade 

Algo interessante é que o o serviço ao próximo, os atos de caridade é uma algo maravilhoso pata para liberarmos ocitocina o chamado hormônio do amor que liberamos conversando com as pessoas queridas. Nesse período de crise, muitas são as pessoas que estão precisando de ajuda, e o interessante é que quanto você ajuda o outro você também se ajuda. Você também está colaborando com sua própria liberação de ocitosina. Então fiquem com a dica de que sentir que estão fazendo algo pelos outros pode ser um grande aliado nesse momento.

  • Se necessário, busque um profissional especializado para te apoiar nesse momento. Cuide da sua mente, cuide de você.

Existem terapeutas, psicólogos, psiquiatras que podem te ajudar a passar por essa! Vamos juntos! Procure ajuda!É uma força colocar nossas vulnerabilidades e pedir ajuda!