Autoamor: práticas para cuidar de si e viver melhor.

 

Autocuitado e autoamor são temas muito falados ultimamente. Saber cuidar de si mesmo é essencial para uma vida harmoniosa e saudável. A partir dos nossos hábitos e nossas repetições vamos nos constituindo. Nutrir e priorizar práticas diárias de autoamor é extremamente importante. Somos o que repetimos diariamente. Nossos hábitos, ações e atitudes nos revelam ao mesmo tempo que nos constituem. Segue abaixo uma lista essencial do que você precisa fazer para praticar autoamor.

1- Expressar suas emoções, necessidades e desejos de maneira honesta mas agradável. Se expressamos com raiva e violência criamos mais barreiras nas nossas relações. Ao machucar o outro levantamos as defesas que nos distanciam e criam dinâmicas defensivas nas relações. É importante trazer consciência para a diminuição dos muros que nos distanciam e separam.

2- Agir de forma alinhada com o que você pensa, sente e acredita que seja certa para você. Pode parecer óbvio, mas nem sempre alinhamos nossas ações com nossos sentimentos e nossos pensamentos. Integrar mente, ação e coração é fundamental para um estado de vida coerente e harmônico.

3- Preservar tempo e espaço para si mesmo. É muito importante conservar tempo para ser, sentir, escutar a própria intuição, nutrir o si mesmo, habitar e se acolher no próprio espaço de subjetividade. Precisamos de tempo para nos escutar. Precisamos de um espaço nas nossas agendas para não ser governado pelo relógio. O pulsar da vida, a tranquilidade e o fluxo de bem estar precisam de espaço de cuidado.

4- Cuidar da mente diariamente. É natural na nossa sociedade cultivar tempo diário para higiene do corpo e alimentação. Agora, reflita o quanto de informação, sentimentos e pensamentos sua mente precisa digerir numa trajetória de vida. Tem muito conteúdo aí né? Precisamos nutrir práticas que cultivem o funcionamento de nossa mente e gerem pensamentos saudáveis e harmoniosos. Apenas 10 minutos de meditação diária conseguem transformar seus pensamentos e consequentemente seus dias. É muito importante que saibamos selecionar o tipo de pensamentos e crenças que nos habitam.

E aí? Vocês cuidam de si?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *